ISSN (on-line): 2177-9465
ISSN (impressa): 1414-8145
Escola Anna Nery Revista de Enfermagem Escola Anna Nery Revista de Enfermagem
COPE
ABEC
BVS
CNPQ
FAPERJ
SCIELO
REDALYC
MCTI
Ministério da Educação
CAPES

Notícias

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem completa 20 anos

Nos dias 29 e 30 de novembro de 2017, no espaço do X SINPEn, estaremos celebrando os 20 anos da...

Informação 1

A Escola Anna Nery Revista de Enfermagem está filiada ao Committee on Publication on Ethics (COPE)

Informação 3

Taxas de Publicação e Tradução de Artigos
Mais Notícias

Volume 16 , Número 3 , Jul/Set - 2012

EDITORIAL

1  - 40 anos da pós-graduação stricto sensu na EEAN/UFRJ - avanços e contribuições

Vilma de Carvalho

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 431-434

Download

 

PESQUISA

2  - Perfil sociodemográfico de mulheres em situação de violência assistidas nas delegacias especializadas

Maria Aparecida Vasconcelos Moura; Leônidas de Albuquerque Netto; Maria Helena Nascimento Souza

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 435-442

Resumo Download

Pesquisa quantitativa, descritiva, do tipo série histórica, que teve como objetivos: caracterizar a demanda assistida nas Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAMs) na região metropolitana do Rio de Janeiro quanto ao perfil sociodemográfico, tipo de violência e relação da mulher com o acusado da agressão; e analisar estes dados diante da situação da violência de gênero à luz da discussão temática. Os dados foram coletados a partir de 38.009 registros de ocorrência de violência à mulher no período de 2003 a 2008, cedidos pelo Instituto de Segurança Pública após aprovação pelo Comitê de Ética. As mulheres eram jovens, brancas, com ensino fundamental completo, solteiras e com ocupação. A maioria residia na zona norte da cidade. O local de ocorrência do delito foi a residência. Predominou a agressão psicológica. Os agressores eram membros próximos da família. Violência é uma forma de expressão dessas famílias, sendo necessária mudança de paradigma de civilização.

Palavras-chave: Enfermagem. Saúde da mulher. Violência contra a mulher.

 

3  - Participação das enfermeiras no processo de implantação de práticas obstétricas humanizadas na maternidade Alexander Fleming (1998-2004)

Jane Márcia Progianti; Aline Bastos Porfírio

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 443-450

Resumo Download

Estudo de natureza histórico-social cujo objetivo é analisar o processo de inserção das enfermeiras na assistência ao parto e as lutas dessas profissionais para implantar as práticas obstétricas humanizadas na Maternidade Alexander Fleming. Utilizou-se a história oral temática como método. As etapas da análise foram: ordenação, classificação e triangulação dos dados. Para sustentação da análise, utilizamos os conceitos de campo, habitus, poder simbólico e capital, de Pierre Bourdieu. Os resultados apontaram que a inserção das enfermeiras na assistência ao parto ocorreu mediante a lotação de recursos humanos para este projeto e de uma capacitação intensiva. Ao serem inseridas no centro obstétrico, as enfermeiras criaram um espaço próprio de atuação e elaboraram um protocolo assistencial. Concluímos que as estratégias de luta simbólica utilizadas pelas enfermeiras contribuíram para a conquista de espaços que as distinguiram no campo pelo desenvolvimento de práticas humanizadas que estavam de acordo com seu habitus.

Palavras-chave: História da Enfermagem. Parto humanizado. Saúde da mulher. Enfermagem obstétrica.

 

4  - Fatores associados ao excesso de peso entre mulheres

Aline Cristine Souza Lopes; Alessandra Nunes Lima Reyes; Cibele Comini César; Mariana Carvalho de Menezes; Luana Caroline dos Santos

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 451-458

Resumo Download

Objetivou-se caracterizar as usuárias e identificar os fatores associados ao excesso de peso em serviço público de Promoção à Saúde (SPS). Estudo transversal com todas as mulheres de SPS, denominado Academia da Cidade. Utilizaram-se variáveis antropométricas, consumo e hábitos alimentares, e relato de morbidades. Realizou-se análise descritiva e regressão linear múltipla (p<0,05). Verificou-se entre as 262 entrevistadas elevada prevalência de excesso de peso (78,7%) e hábitos alimentares inadequados. Foram associados ao aumento do índice de massa corporal: mastigação inadequada de alimentos (b=2,780; p<0,001), consumo insuficiente de vitamina C (b=-2,700; p=0,039), ter risco para doenças cardiovasculares (b=2,840; p<0,001) e dislipidemias (b=2,292; p=0,003), e realizar dieta nos últimos seis meses (b=2,216; p=0,006). A alta taxa de excesso de peso e seus fatores associados apontam para a necessidade de realizar estratégias de promoção e recuperação da saúde, focadas no cuidado integral dos indivíduos e comunidades, ainda que em SPS.

Palavras-chave: Consumo de alimentos. Doença crônica. Hábitos alimentares. Obesidade. Fatores de risco.

 

5  - Análise das respostas comportamentais ao câncer de mama utilizando o modelo adaptativo de Roy

Letícia Rosa Santos; Glaucia Batista Tavares; Paula Elaine Diniz dos Reis

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 459-465

Resumo Download

O estudo analisa as respostas comportamentais das mulheres durante o tratamento do câncer de mama utilizando o Modelo de Adaptação de Roy. Estudos demonstram que o câncer e sua terapêutica podem gerar estímulos que irão interferir na sexualidade. Conhecer os mecanismos de enfrentamento destas mulheres deve ser uma preocupação dos profissionais que prestam assistência, para que se possa oferecer o cuidado integral. Trata-se de pesquisa qualitativa na qual foi realizada entrevista semiestruturada com cinco mulheres sexualmente ativas. Foram identificados problemas de adaptação nos modos relacionados ao autoconceito, desempenho de papéis e interdependência. Contudo, essas mulheres puderam superar tal situação e melhorar a adaptação à sua nova condição. Conclui-se que a utilização do modelo de adaptação de Roy foi apropriada, pois permitiu apreender as alterações relacionadas aos modos adaptativos e visualizar de forma concreta quais os focos para as intervenções de enfermagem.

Palavras-chave: Neoplasias de mama. Teoria de enfermagem. Modelos de enfermagem. Adaptação.

 

6  - Cuidado aos adolescentes na atenção primária: perspectivas de integralidade

Rachel Franklin da Costa; Maria Veraci Oliveira Queiroz; Regina Célia Gollner Zeitoune

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 466-472

Resumo Download

O estudo tem como objetivo descrever ações dos gestores e enfermeiros com os adolescentes na atenção primária, baseadas nas perspectivas da integralidade. Pesquisa qualitativa com quatro gestores e treze enfermeiros da rede básica de saúde realizada no período de abril a junho de 2010, utilizando entrevista e análise de conteúdo. Da análise emergiu a temática: Ações de cuidados ao adolescente e perspectivas de integralidade. Os sujeitos destacaram o acolhimento como uma ação da equipe, porém com necessidade de estabelecer vínculos e oportunizar meios para motivar a reflexão dos adolescentes acerca de sua responsabilidade mediante as questões de saúde. Tais ações conduzem a possibilidade da integralidade do cuidado. Concluiu-se que os profissionais mostraram as limitações do cuidado a esta população e apresentaram o confronto entre o pensar e o fazer, favorecendo reflexões sobre estratégias que possibilitem o cuidado aos adolescentes na perspectiva de integralidade.

Palavras-chave: Enfermagem. Adolescente. Assistência integral à saúde.

 

7  - O ser-enfermeiro em face do cuidado à criança no pósoperatório imediato de cirurgia cardíaca

Herwellyn Camilo de Melo; Sumaya Emanuelle Gomes de Araújo; Victor Emmanuell Fernandes Apolônio dos Santos; Ana Virginia Rodrigues Veríssimo; Estela Rodrigues Paiva Alves; Maria Helena Nascimento do Souza

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 473-479

Resumo Download

Objetivou-se compreender o cuidado à criança durante o pós-operatório imediato de cirurgia cardíaca a partir da percepção do ser-enfermeiro. Utilizou-se a entrevista fenomenológica com seis enfermeiras lotadas na Unidade de Recuperação de Cirurgia Torácica do Pronto-Socorro Cardiológico de Pernambuco, de março a maio de 2011. A pesquisa é de natureza qualitativa com abordagem ancorada na fenomenologia existencial de Martin Heidegger. Os dados foram produzidos e analisados de acordo com os quatro momentos propostos por Martins e Bicudo. A análise permitiu delinear o cuidado do enfermeiro como sistemático, complexo e minucioso, que requer ao mesmo tempo aptidões técnico-científicas, exigindo do ser que cuida habilidade para lidar com seus sentimentos diante das eventualidades do dia a dia. Conclui-se que o cuidado à criança é construído em meio a uma dinâmica constitutiva entre tecnologias duras e subjetividade, onde haverá momentos em que uma será valorizada em detrimento da outra.

Palavras-chave: Enfermagem pediátrica. Cirurgia torácica. Cuidados intensivos. Cuidados de enfermagem. Percepção.

 

8  - Cuidados com a pele do recém-nascido: análise de conceito

Fernanda Cavalcante Fontenele; Lorita Marlena Freitag Pagliuca; Maria Vera Lúcia Moreira Leitão Cardoso

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 480-485

Resumo Download

O foco do enfermeiro é o cuidado ao ser humano e, em neonatologia, o cuidar da pele do recém-nascido é prioridade. Objetivouse analisar o conceito de cuidado com a pele do recém-nascido. Referencial teórico metodológico utilizado: Modelo de Análise de Conceito de Rodgers, que permitiu analisar os antecedentes, atributos e consequentes do conceito estudado. Identificaram-se os antecedentes: prematuridade, risco de infecção, monitorização, fatores ambientais, alterações fisiológicas, antissépticos, assistência intensiva, procedimentos invasivos, lesão, exame físico e baixo peso. Atributos: contínuo, individualizado, dinâmico, eficaz, criterioso, delicado, humanizado, seguro, integral, prioridade, imediato e padronizado. Consequentes: previne lesões, mantém a pele íntegra, melhora a condição da pele, o quadro clínico e a circulação, controla as perdas de água, previne infecção e proporciona conforto.. Este método oferece um suporte na consolidação do conhecimento. O conceito analisado revelou importante associação com a prematuridade e risco de infecção, relacionando-se com as características ao longo do tempo.

Palavras-chave: Formação de conceito. Cuidados de enfermagem. Recém-nascido. Pele.

 

9  - O perfil das puérperas adolescentes atendidas em uma maternidade de referência de Fortaleza-Ceará

Náira de Oliveira Caminha; Camila Chaves da Costa; Raquel Ferreira Gomes Brasil; Deise Maria do Nascimento Sousa; Lydia Vieira Freitas; Ana Kelve de Castro Damasceno

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 486-492

Resumo Download

Objetivou-se caracterizar o perfil das puérperas adolescentes de uma maternidade de Fortaleza-CE. Estudo descritivo, transversal e quantitativo, realizado no Alojamento Conjunto da Maternidade Escola Assis Chateaubriand, no período de março a julho de 2009, com 200 adolescentes. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas. A maioria apresentava idade entre 15 e 19 anos (91,0%), residia na capital (78,0%), vivia com o pai de seu filho (64,5%), tinha baixa escolaridade (55,5%), considerava-se parda (61,5%) e dona-de-casa (53%). Quanto aos métodos anticonceptivos, 73,5% usaram algum método antes de engravidar, 65,5% desejaram a gravidez e 32,5% planejaram a gravidez. Durante a gravidez, 18,5% tiveram internação hospitalar e 82,5% não utilizavam drogas. Torna-se relevante a função do enfermeiro como educador em saúde para orientá-las e torná-las autônomas na promoção de sua saúde sexual.

Palavras-chave: Gravidez na adolescência. Saúde do adolescente. Enfermagem.

 

10  - Espacialidade do ser-profissional-de-enfermagem no mundo do cuidado à criança que tem câncer

Cintia Flores Mutti; Stela Maris de Mello Padoin; Cristiane Cardoso de Paula

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 493-499

Resumo Download

OBJETIVO: compreender o significado para equipe de enfermagem de cuidar de crianças que têm doença oncológica avançada, cuja enfermidade não responde mais aos tratamentos curativos.
MÉTODO: Investigação fenomenológica heideggeriana. Etapa de campo desenvolvida no período de dezembro/2010 a março/2011, com 15 profissionais de enfermagem no Hospital Universitário de Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.
RESULTADOS: O profissional de enfermagem expressa que, no cotidiano de cuidado à criança que tem câncer, tem que separar o profissional do emocional. Descreve o seu dia a dia dentro e fora do hospital. Com o tempo, aprende a separar o trabalho da vida pessoal.
CONCLUSÕES: Aponta a necessidade do desenvolvimento de estratégias de ação multiprofissional entre a equipe que cuida, considerando que também precisa ser cuidada.

Palavras-chave: Enfermagem oncológica. Criança. Neoplasias. Cuidados paliativos.

 

11  - Violência em ambientes recreativos noturnos de jovens portugueses. relação com consumo de álcool e drogas

Maria de Lurdes Lopes de Freitas Lomba; João Luís Alves Apóstolo; Daniela Filipa Batista Cardoso

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 500-507

Resumo Download

CONTEXTO: Os ambientes recreativos noturnos têm conquistado, na atualidade, um protagonismo crescente na vida juvenil, determinando estilos de vida, normalizando o consumo recreativo de álcool/drogas e a adoção de outros comportamentos de risco.
OBJETIVO: Delinear o perfil dos jovens portugueses que frequentam ambientes recreativos noturnos e determinar a prevalência de comportamentos violentos relacionados com variáveis sociodemográficas, consumo de álcool e drogas e envolvimento nas atividades recreativas noturnas.
METODOLOGIA: Entrevista de 1346 jovens (idade média = 22,49 anos) frequentadores de ambientes recreativos noturnos, de ambos os sexos, em 10 cidades portuguesas, utilizando uma variação da Respondent-driven sampling, entre 2007 e 2010.
RESULTADOS: Verificou-se que existe uma relação positiva entre comportamentos violentos, consumo de álcool e drogas e a participação dos jovens na vida recreativa noturna.
CONCLUSÕES: Sugere-se que a implementação de medidas preventivas neste contexto atenda às características dos jovens apresentadas neste estudo como preditoras de comportamentos violentos.

Palavras-chave: Violência. Recreação. Consumo de bebidas alcoólicas. Comportamento de procura de droga

 

12  - O valor social no ensino da enfermagem

Gilberto de Lima Guimarães; Ligia de Oliveira Viana

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 508-513

Resumo Download

O presente artigo é balizado na Teoria de Valor. A enfermagem possui um conjunto de valores do qual se nutre para elaborar uma escala.
OBJETIVO: compreender o valor social no ato de educar do enfermeiro-docente e discuti-lo à luz dos pressupostos de Max Scheler. A metodologia é qualitativa, centrada no enfoque fenomenológico. Participaram do estudo sete enfermeiros-docentes de três instituições de ensino superior de enfermagem localizadas na cidade do Rio de Janeiro. O período de realização foi de agosto de 2007 a junho de 2008. Os dados foram obtidos por entrevista.
RESULTADO: o valor social emergiu no discurso do enfermeirodocente no ato de educar.
CONCLUSÃO: foi por meio do ato de educar que o enfermeiro apresentou o valor social ao educando, ratificando-o como instituinte para a práxis assistencial da enfermagem.

Palavras-chave: Enfermagem. Educação. Cultura. Filosofia.

 

13  - Instrumento para a realização de exame físico: contribuindo para o ensino em enfermagem

Viviane Sales Freire Silva; Dalmo Valério Machado de Lima; Patrícia dos Santos Claro Fuly

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 514-522

Resumo Download

Objetivou-se elaborar uma proposta de instrumento para a realização de exame físico de adultos e idosos por acadêmicos de enfermagem. O instrumento proposto derivou da análise obtida pela coleta de dados sobre exame físico por meio de revisão de literatura e de mapeamento cruzado com a Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem CIPE® para a adição, subtração ou adequação com terminologia preexistente. O cotejamento entre as versões evidenciou que, de 296 termos descritos na literatura, apenas 66 (22,1%) eram previstos na CIPE®. A versão final do instrumento proposto consta dos itens: nome, idade, leito, número de prontuário, diagnóstico médico, data de realização do exame, setor de internação, e itens sobre: nível de consciência e dependência, estado geral, cabeça e pescoço, tórax, órgãos genitais, membros e dispositivos invasivos, incluindo legendas norteadoras e uma legenda k relacionada às alterações de pele no final do instrumento. Conclui-se que a versão final está pronta para ser testada com os acadêmicos.

Palavras-chave: Exame físico. Processos de enfermagem. Ensino.

 

14  - Sofrimento psíquico em crianças e adolescentes - a busca pelo tratamento

Ana Ruth Macêdo Monteiro; Liane Araújo Teixeira; Renata Saraiva Martins da Silva; Kamylla Paulla Saldanha Rabelo; Suzane de Fatima do Vale Tavares; Rafaela Carolini de OliveiraTávora

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 523-529

Resumo Download

Trata-se de uma pesquisa de natureza descritiva com abordagem qualitativa, realizada em um centro de atenção psicossocial infantil - CAPSi, do município de Fortaleza-CE. Este estudo objetiva descrever a atitude da família na busca de tratamento da criança/ adolescente em sofrimento psíquico. Os sujeitos desta pesquisa constituem-se de 42 familiares cuidadores de crianças e adolescentes, usuários do CAPSi. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas. A análise dos dados foi feita por meio de entrevistas divididas em categorias, em que as falas com ideias semelhantes se reuniam em uma mesma categoria. Os resultados mostram um importante elemento sobre a falta de assistência à família do indivíduo em adoecimento psíquico, evidenciando a fundamental importância de englobar toda a família no processo terapêutico. Concluiu-se que se fazem necessárias reflexões acerca da atenção de saúde direcionada ao adoecimento psíquico, em relação às crianças e adolescentes, bem como em relação às famílias envolvidas, prevenindo ou intercedendo precocemente no adoecimento psíquico.

Palavras-chave: Saúde mental. Família. Criança. Adolescente. Enfermagem.

 

15  - Consumo alcoólico entre universitários(as) da área da saúde da Universidade Federal do Rio Grande/RS: subsídios para enfermagem

Larissa Zepka Baumgarten; Vera Lúcia de Oliveira Gomes; Adriana Dora da Fonseca

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 530-535

Resumo Download

Objetivou-se conhecer os fatores associados e as consequências do uso de bebidas alcoólicas entre universitários da área de saúde da Universidade Federal do Rio Grande/RS. A amostra foi composta por 351 estudantes do primeiro e do penúltimo anos de cada curso. Aplicou-se um questionário sociodemográfico e o AUDIT na coleta de dados. Na análise utilizaram-se testes estatísticos. Verificou-se que 202 (57,5%) estudantes bebiam habitualmente; desses, 196 (97,0%) tinham familiares usuários(as) de álcool. Segundo o AUDIT os estudantes foram classificados em baixo risco, 147 (41,8%), e de uso problemático, 49 (14,0%). Como consequências detectaram-se apagões, coma alcoólico e acidentes automobilísticos. Constatou-se que 171(48,7%) estudantes não utilizaram preservativo nas últimas relações sexuais e 37 (10,5%) tiveram três a dez parceiros (as) nos últimos 12 meses. Evidenciou-se a necessidade de implementação de estratégias de cunho preventivo no âmbito universitário, para detectar precocemente o potencial para uso abusivo, bem como oportunidade de tratamento aos(às) que fazem uso problemático do álcool.

Palavras-chave: Estudantes. Consumo de bebidas alcoólicas. Enfermagem. Saúde pública.

 

16  - Sofrimento mental e agências religiosas como rede social de apoio: subsídios para a enfermagem

Amanda Márcia dos Santos Reinaldo

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 536-543

Resumo Download

O sofrimento mental já foi considerado divinatório, misterioso e sagrado em relação as suas manifestações. O sagrado, a fé e a religião são procurados pelo sofredor em busca de alento para o sofrimento causado pelo transtorno mental. O objetivo do estudo é compreender a inserção e a percepção dos membros da rede social de apoio que se forma nas agências religiosas em torno da pessoa em sofrimento mental. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, descritiva, exploratória. Foram entrevistados 42 membros de agências religiosas (católica, evangélica e espírita). A análise dos resultados aponta que a pessoa em sofrimento procura aceitação, acolhimento e sentimento de pertença diante de um mundo que nem sempre o compreende. Em resposta à sua procura encontra apoio, compreensão e alento. A complexidade do tema merece reflexão e revisão de conceitos que perpassam a realidade vivida pelo sujeito em sofrimento mental.

Palavras-chave: Doença. Religião. Apoio social.

 

17  - Investigação da temporalidade das características definidoras do diagnóstico de resposta disfuncional ao desmame ventilatório

Fernanda Avellar Cerqueira; Marcos Antônio Gomes Brandão; Valéria Zadra de Mattos; Théia Maria Forny Wanderley Castellões

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 544-552

Resumo Download

Estudo que investigou a distribuição temporal das características definidoras da Resposta Disfuncional ao Desmame Ventilatório. Teve como objetivos: descrever a conformação da distribuição cronológica das características definidoras desse diagnóstico em pacientes sob ventilação prolongada na fase de interrupção da ventilação mecânica e verificar a existência de um padrão temporal predominante. Trata-se de um estudo do tipo descritivo-exploratório com abordagem quantitativa. Foram sujeitos os clientes adultos internados por causas clínicas no Centro de Terapia Intensiva do Hospital Pró-Cardíaco, sob ventilação mecânica prolongada e que estavam em desmame. Com os resultados se obteve a confirmação da hipótese de existência de uma distribuição temporal predominante na amostra observada. Foi possível distinguir os principais intervalos de observação/manifestação das Características Definidoras, a saber: precoce, intermediário e tardio. Em relação ao gerenciamento do processo de desmame foi possível indicar algumas contribuições ao aprimoramento das avaliações protocolares.

Palavras-chave: Diagnóstico de enfermagem. Desmame do respirador mecânico. Distribuição temporal.

 

18  - Saberes e práticas de acompanhantes sobre complicações respiratórias pós-cirúrgicas no idoso, compartilhados com a enfermeira

Maria da Luz Ferreira Xavier; Neide Aparecida Titonelli Alvim

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 553-560

Resumo Download

Pesquisa convergente-assistencial cujo objetivo foi analisar saberes e práticas de acompanhantes voltados à prevenção de complicações respiratórias pós-cirúrgicas no idoso, com vistas a traçar um plano de cuidados a ser implementado para esses clientes. As bases teórico-conceituais pautaram-se na pedagogia problematizadora de Freire. Os sujeitos foram 14 acompanhantes de idosos em pré-operatório. Utilizou-se técnica de entrevista individual e observação participante, e análise de conteúdo temática. Os resultados revelaram que as acompanhantes acumulam saberes, acerca de cuidados básicos no pós-operatório, capazes de prevenir problemas respiratórios. Pela dialogicidade construiu-se um plano de cuidados compartilhado a ser realizado com o idoso, consequência da integração de saberes e práticas dos acompanhantes com os da enfermeira-pesquisadora na visita préoperatória. Resultaram novas ou revisitadas práticas, culminando em um cuidado congruente às reais necessidades dos clientes e seus acompanhantes, tornando-os parceiros no processo de cuidar.

Palavras-chave: Enfermagem. Educação em saúde. Cuidados pré-operatórios.

 

19  - A saúde do homem na visão dos enfermeiros de uma unidade básica de saúde

Patricia Alves dos Santos Silva; Monique de Sousa Furtado; Aline Borges Guilhon; Norma Valéria Dantas de Oliveira Souza; Helena Maria Scherlowski Leal David

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 561-568

Resumo Download

Este estudo objetivou conhecer e analisar a visão dos enfermeiros em relação ao atendimento à saúde do homem. Pesquisa qualitativa que teve como campo um Centro Municipal de Saúde. Os sujeitos foram sete enfermeiros que atuavam em setores que atendiam homens, dos quais três eram do sexo masculino e quatro, do sexo feminino. Utilizaram-se a entrevista com questões semiestruturadas como instrumento de coleta e a análise de conteúdo, para tratar os dados. Na fala dos sujeitos ficou evidenciado que os homens procuram menos os serviços devido à incompatibilidade de horário com a jornada laboral. E, ainda, segundo a percepção dos sujeitos, sentem-se constrangidos em procurar atendimento, pois essa postura choca-se com a cultura andocrêntrica. Verificou-se que a maioria dos sujeitos desconhecia a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem. Sugere-se que haja capacitação dos enfermeiros e que os serviços tenham infraestrutura física e de pessoal para garantir assistência qualificada.

Palavras-chave: Saúde do homem. Enfermagem em saúde pública. Atenção primária à saúde.

 

20  - Aspectos epidemiológicos da aids em Florianópolis/SC, Brasil

Janelice de Azevedo Neves Bastiani; Maria Itayra Coelho de Souza Padilha

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 569-575

Resumo Download

O estudo teve como objetivo descrever os aspectos epidemiológicos das pessoas com 13 anos e mais, com AIDS, residentes em Florianópolis/SC entre 1986 e 2006. Estudo descritivo, transversal, com coleta das variáveis: ano de diagnóstico, sexo, idade, categoria de exposição, escolaridade, cor da pele e Regional de Saúde de residência, no Sistema Nacional de Agravos de Notificação e Sistema de Informação sobre Mortalidade. Constata-se a magnitude da AIDS em homens, com ensino fundamental, de cor da pele branca, idade entre 20 e 49 anos e heterossexuais. Observou-se a vulnerabilidade feminina na redução da razão entre os sexos masculino/feminino no período avaliado. Apresentam-se a base social e a especificidade dos doentes de AIDS em Florianópolis/SC, e sugerem-se investimentos no diagnóstico territorial na Estratégia de Saúde da Família e acompanhamento dos sistemas de informação pelas Regionais de Saúde, para avaliar a eficiência e a efetividade das estratégias de prevenção à AIDS em Florianópolis/SC.

Palavras-chave: Síndrome de imunodeficiência adquirida. Epidemiologia descritiva. Morbidade.

 

21  - Avaliação da qualidade das anotações de enfermagem em unidade semi-intensiva

Josy Anne Silva; Ana Cândida Martins Grossi; Maria do Carmo Lourenço Haddad; Sonia Silva Marcon

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 576-581

Resumo Download

A anotação de enfermagem é um dos meios para se avaliar os cuidados prestados. O objetivo do estudo foi avaliar a qualidade das anotações de enfermagem em uma unidade semi-intesiva. Os dados, coletados com um roteiro para auditoria retrospectiva, são referentes a 16 pacientes que aguardavam vaga para Unidade de Terapia Intensiva, internados em dezembro de 2009 e janeiro de 2010, por um período médio de oito dias. No quesito identificação, o percentual de preenchimento foi de 74,8% o que é bem próximo dos valores considerados satisfatórios (80%); porém o percentual de preenchimento completo dos itens: registros, procedimentos e prescrição de enfermagem, terapia intensiva e execução de ordens médicas alcançaram respectivamente 54,7%, 41,1%, 39,3%, 34,9% e 25%. Os baixos índices de preenchimento completo revelam falha grave no registro da assistência prestada nesta unidade, o que pode estar prejudicando a continuidade do cuidado e a legitimação do trabalho da enfermagem.

Palavras-chave: Registros de enfermagem. Auditoria de enfermagem. Qualidade da assistência à saúde. Cuidados intensivos.

 

22  - Representação do enfermeiro sobre infecções em pacientes submetidos a transplante de células-tronco hematopoiéticas

Evana Terezinha de Castro Zavadil; Maria de Fátima Mantovani; Elaine Drehmer de Almeida Cruz

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 583-587

Resumo Download

O estudo teve por objetivo identificar as representações de 36 enfermeiros sobre a ocorrência de infecções em pacientes submetidos a transplante de células-tronco hematopoiéticas de um hospital universitário em 2010. Os dados foram coletados mediante entrevista semiestruturada embasada nas representações sociais e analisados por meio da Análise de Conteúdo Temático, a qual resultou na categoria infecção e culpabilidade. Os enfermeiros referiram utilizar medidas para a prevenção de infecções durante a prática assistencial e reconhecem a condição imunológica desfavorável dos pacientes; contudo, consideram-se vetores das infecções e sentem-se culpados diante da ocorrência do agravo. Os resultados apontam para a necessidade de serviço de apoio aos profissionais, visando contextualizar o cuidado a paciente imunodeprimido e minimizar o sentimento de culpa.

Palavras-chave: Infecção. Transplante de células-tronco hematopoiéticas. Enfermagem.

 

23  - Reinventando práticas de enfermagem na educação em saúde: teatro com idosos

Cássia Noele Arruda Campos; Ludmila Capistrano dos Santos ; Milena Ribeiro de Moura; Jael Maria de Aquino; Estela Maria Leite Meirelles Monteiro

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 588-596

Resumo Download

O estudo apresenta como objetivo elaborar uma intervenção de enfermagem em educação em saúde, com enfoque na promoção à saúde de um grupo de idosos, utilizando como ferramenta as artes cênicas. Trata-se de uma pesquisa-ação, realizada a partir de encontros semanais, definidos previamente, em espaço reservado. Nos encontros, foram trabalhadas as seguintes temáticas: acolhimento; Construção das histórias de vida; Retirando máscaras; Viajando na imaginação/diversidade dos cenários; Trabalhando a emoção - comunicação não verbal; Trabalho corporal - movimentação no palco; Fazendo caras e bocas; Oficina de personagens; Ensaiando uma peça teatral - "O que a vida me ensinou e o que posso lhe adiantar". O teatro se mostrou um excelente instrumento de empoderamento da população idosa, a partir da valorização de suas experiências de vida.

Palavras-chave: Promoção da saúde. Educação em saúde. Idoso. Enfermagem. Arte.

 

RELATO DE EXPERIÊNCIA

24  - Vivência teórico-prática inovadora no ensino de enfermagem

Dirce Stein Backes; Maristel Kasper Grando; Michelle da Silva Araújo Gracioli; Adriana Dall 'asta Pereira; Juliana Silveira Colomé; Maria Helena Gehlen

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 597-602

Resumo Download

Os cursos de enfermagem vêm investindo em inovações no processo formativo, apostando em metodologias ativas e problematizadoras, que ofereçam ao acadêmico vivências na realidade social. Objetiva-se relatar a vivência de ensino-aprendizagem vinculada a um projeto ampliado de ensino, pesquisa e extensão fundamentado nas teorias de enfermagem. Trata-se de um relato de experiência desenvolvida a partir de uma atividade teórico-prática, realizada por meio de visitas semanais de docentes e discentes de enfermagem às famílias em condições sociais, ambientais e econômicas vulneráveis. Os resultados mostram uma pedagogia ativa, dialógica e interativa, capaz de fomentar redes solidárias de cooperação e a promoção de ambientes polissêmicos, favorecidos pelas reflexões dos problemas sociais emergentes. Assim, instigar o protagonismo e empreendedorismo social na formação, a partir das teorias de enfermagem, significa desenvolver um conhecimento capaz de dialogar e integrar os diferentes saberes, pelo desenvolvimento de práticas em consonância com o exercício da cidadania e transformação social.

Palavras-chave: Modelos de enfermagem. Teoria de Enfermagem. Saúde da família. Cuidados primários de saúde. Enfermagem.

 

REFLEXÃO

25  - O cuidado de enfermagem na pós-modernidade: um diálogo necessário

João Mário Pessoa Júnior; Vannucia Karla de Medeiros Nóbrega; Francisco Arnoldo Nunes de Miranda

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 603-606

Resumo Download

caracterização geral; posteriormente fez-se um resgate sobre as concepções históricas e conceituais do cuidado de enfermagem, e, finalmente, discutiu-se, especificamente, o cuidado de enfermagem na pós-modernidade na perspectiva de um diálogo e das novas demandas sociais. Reafirma-se a necessidade da efetivação do cuidado de enfermagem pautado nos valores éticos e humanos entre os sujeitos envolvidos na prática marcada por encontros humanos.

Palavras-chave: Cuidados de enfermagem. Sociedades. Conhecimento. Enfermagem

 

REVISÃO

26  - Construindo o roteiro de entrevista na pesquisa em representações sociais: como, por que, para que

Rafael Celestino da Silva; Márcia de Assunção Ferreira

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2012;16(3): 607-611

Resumo Download

Revisão bibliográfica sobre a construção do roteiro de entrevista aplicado à pesquisa no campo das representações sociais, a partir do levantamento dos elementos essenciais à sua elaboração. Realizaram-se busca em base de dados virtual e em uma biblioteca setorial; seleção de obras de referência e periódicos de indexação; e leitura seletiva e analítica. As perguntas, avançando do particular e concreto para o geral e abstrato, devem fazer emergir informações, imagens, crenças, opiniões; abordar aspectos do cotidiano prático dos sujeitos, além de caracterizá-lo para compreender o grupo no sujeito e o sujeito no grupo, assim como captar a zona muda da representação. Conclui-se que o modo de coleta dos dados conduz e interfere na captação de representações. Assim, este estudo fornece subsídios teórico-metodológicos, e indica a importância da vigilância epistemológica nas pesquisas deste campo.

Palavras-chave: Enfermagem. Pesquisa. Entrevista. Psicologia social.

 

© Copyright 2017 - Escola Anna Nery Revista de Enfermagem - Todos os Direitos Reservados
GN1